sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Equipamentos na Composição de um Prédio

Atualmente os centros urbanos estão se tornando cada vez mais dominantes na sociedade, tanto com relação à economia quanto com relação à moradia das pessoas.

As cidades hoje em dia, são em sua maior parte ocupadas por áreas urbanizadas. Por essa razão muitas empresas e prefeituras decidem investir e incentivam a construção de condomínios, tanto apartamentos quanto casas. Isso ocorre principalmente em cidades bem desenvolvidas e com um maior espaço urbano, como São Paulo por exemplo.

No entanto, para que a construção de um condomínio ocorra, é muito importante que seja feito um série de acabamentos e estruturas que forneçam segurança e que sejam atrativas para os moradores, um exemplo seria as calhas e rufos em São Paulo que além de evitar a acumulação de água, devido ao seu material também possui um belo visual.


A Estrutura de São Paulo

São Paulo é a maior cidade em território brasileiro com a maior extensão em sua área urbana, assim possuindo também a possui o maior número de pessoas no país. Como consequência, ela é a cidade com o maior quantidade de prédios e condomínios do Brasil. 

A população de São Paulo continua aumentando, isso faz com que a construção de novos condomínios sejam necessários para conseguir abrigar tantas pessoas.  Com relação ao acabamento do espaço que será usado, é de extrema importância que o material seja de alta qualidade e de confiança, que seja resistente e atrativo, assim conseguindo trazer segurança e elegância para os espaços com condomínios.

A escolha de materiais de qualidade e eficiência é indispensável, até mesmo na hora de escolher o piso e a pintura. Existem empresas especializadas na área da pintura, que podem ser uma ajuda na decoração.

Garagens dos Prédios

A garagem é um ambiente feito com o propósito de que os moradores daquele local ou as visitas possam estacionar seus carros ou motos, dentro de um local reservado e com segurança, para que possam ficar relaxados.

As maneiras de como elas podem ser construídas, vão variar com as necessidades do condomínio, podendo vir a ser uma garagem fechada, aberta ou até mesmo subterrânea.

Com relação a condomínios de casa, geralmente as garagens são feitas nos ambientes externos das casas, assim deixando os veículos expostos às chuvas, ventanias e luz solar.

Geralmente em garagens fechadas, se fazem telhados com materiais que fornecem um maior controle de temperatura, para assim poder evitar que os raios solares esquentam demais o interior dos veículos ou em caso de motos os seus estofamentos. 

Sistemas Compartilhados em Prédios

Devido ao fato de existir uma grande quantidade de moradores em um condomínio, é muito importante que exista dois tipos de distribuições comunitárias que funcionem, esses sistemas são a elétrica e a hidráulica.

A primeira que devemos considerar é a elétrica, que obviamente é a responsável por levar energia para todas as residências do condomínio e também suas estruturas, a segunda que devemos considerar é a hidráulica, que tem a função de levar e transportar a água pelo condomínio.

Se acontecer de em algum momento um dos sistemas falhar ou acabar faltando água, é necessário que já se tenha algum equipamento montado para que suprima essa falha pelo tempo em que ela seja resolvida. No caso da energia um exemplo seria um gerador, no caso da hidráulica seria uma caixa d’água.