segunda-feira, 31 de maio de 2021

O Elevador e Seu Avanço Na História



De fato os elevadores são algo extremamente comum para nós nos dias de hoje, sendo comum em prédios, galpões, áreas de construção, dentre outros lugares que possuam mais de 4 andares de altura. Mesmo sendo algo comum para nós, a ideia do elevador é muito antiga, datando até mesmo a períodos antes de cristo.


O primeiro projeto encontrado de um elevador, foi dos períodos de 1500 a.C, no Egito antigo, onde usavam esses projetos de elevadores para transportar as águas do rio Nilo para as fazendas e para consumo próprio. Porém, os primeiros elevadores foram projetados pelos romanos, no século I a.C, que funcionavam com um conjunto de roldanas movidas por força humana ou animal. E desta maneira os elevadores foram sendo usados por séculos.


A Evolução dos Elevadores Modernos 


Apenas após a primeira revolução industrial, que os elevadores passaram por uma grande mudança em seu funcionamento. No ano de 1853, um engenheiro americano chamado Elisha Grave Otis criou o primeiro sistema de funcionamento dos elevadores, em que não era necessário a força de algum ser vivo para conseguir elevá-lo, esse sistema era baseado em trilhos serrilhados que também conseguiam evitar que houvesse a queda do elevador caso ele perdesse a força. 


No entanto, os primeiros elevadores modernos eram muito lentos, para conseguir alcançar o oitavo andar de um edifício, levava-se mais de 3 minutos, enquanto os atuais conseguem atingir cerca de 45 vezes a velocidade deles. Com o passar dos anos, os elevadores foram evoluindo junto seus motores, freios dentre outras coisas de sua composição. O elevador atual possui diversos tipos de motores e freios que podem fazer parte de sua composição, como motor elétrico ou o freio pneumático. Além de que a partir dos anos 2000, os elevadores começaram a empregar programas de inteligência com a intenção de lidar com o grande fluxo de pessoas.